Marketing – Série Desafios da Autonomia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O marketing é parte fundamental de qualquer negócio. Como freelancers e autônomos essa situação não é diferente para nosso negócio.

Sabe porque?

O simples fato de estarmos no mercado não garante que vamos encontrados.

Seja no ambiente online ou offline, precisamos fazer algo para que o tipo de pessoa que adquire nossos serviços ou produtos nos dê atenção.

Se você procurar as definições de marketing vai encontrar algo parecido com “gerar interesse”, “entregar valor para satisfazer necessidades” ou “chamar atenção”.

No fundo, marketing é o canal entre um indivíduo e um objetivo comercial.

Podemos fazer marketing para outros objetivos – como fama -, porém, em geral, temos como finalidade uma transação comercial no final das contas.

Nesse artigo vou te explicar por que devemos prestar atenção no marketing, as razões pelas quais é um desafio e como podemos facilitar o processo.

Essa série Desafios da Autonomia é um reflexo das situações que profissionais autônomos e freelancers precisam enfrentar. Ao contrário de apenas realizar nosso ofício, assumimos papeis diferentes de acordo com as necessidades do nosso negócio. Aproveite para dar uma olhada em alguns outros artigos da série:

Marketing é complexo

Como profissionais individuais, somos responsáveis pela aquisição dos nossos clientes.

No artigo da série sobre vendas eu menciono alguns detalhes sobre esse processo de conquistar um cliente.

No entanto, como vamos poder iniciar uma negociação sem que ninguém nos conheça e queira nossos serviços.

Aí entra o marketing!

Simples, não é? Basta escolher a melhor estratégia que tenha um retorno positivo ao investimento e atinja o público alvo correto, alocar verba e tempo para executar a estratégia, avaliar os resultados e colher os frutos.

Bem…não é tão fácil na verdade. São centenas ou milhares de estratégias possíveis, qual escolher? Como fazer para analisar o retorno do investimento? E se não tiver verba? O resultado demora quanto tempo? Qual é o público alvo correto?

O desafio de fazer marketing para quem está começando é de fato enorme.

No entanto, não é o tipo de coisa que precisamos passar anos só estudando para conseguir fazer nossas estratégias funcionarem.

Existem caminhos mais diretos. Caminhos que não vão te levar a ganhar o prêmio de inovação em marketing do ano, mas vão gerar prospectos interessados no que tem a oferecer.

E isso que importa.

Pago ou gratuito

Existe aquele marketing que você paga para ganhar visibilidade e aquele marketing que você se esforça para criar elementos que vão atrair as pessoas mesmo sem o investimento direto na publicidade paga.

Não dá pra dizer que uma estratégia é boa e a outra não. Ambas podem ser efetivas de acordo com suas necessidades e capacidades.

Um marketing pago é aquele que você compra um espaço – seja no outdoor ou no Facebook – e martela a pessoa com sua mensagem aonde quer que ela olhe.

Já o marketing gratuito é um pouco mais sutil, em geral. É a criação de conteúdos gratuitos que podem ser encontrados pelo Google (como este) e até mesmo o cheiro que sua loja possui.

Um exemplo disso é o Subway. Lembro das primeiras vezes que me deparei com uma franquia deles. Mesmo a avenida contendo vários restaurantes, porque conseguia sentir o chero do Subway há um quarteirão de distância?

Isso também é uma forma de marketing.

Eu digo que marketing gratuito é mais sutil, mas na verdade depende muito. Se você sair na rua gritando que dá aulas de violão vai ser de graça, mas não tão sutil.

Eu escrevi um artigo extenso sobre marketing e como atrair pessoas para seu site no meu outro blog. Então se é um tópico que te atrai, dá uma conferida.

Curto, médio ou longo prazo?

Um desafio e dificuldade comum no início do processo de marketing é que não sabemos quanto tempo pode levar para uma estratégia funcionar.

Se adicionarmos uma publicidade num outdoor, em quanto tempo vamos ter resultado?

E se começarmos a produzir conteúdo no blog para atrair pessoas ao nosso site. O Google já vai mandar um monte de gente?

Novamente, varia muito.

Como via de regra, o marketing pago tende a ter mais resultados em curto prazo. Já o gratuito, tende começar mais lento e crescer em força com o tempo.

No mundo online é ainda mais fácil entender esse conceito. Se você adiciona uma publicidade no Google, em poucos minutos ou horas alguém provavelmente vai clicar na sua publicidade.

Já se criar um artigo, pode demorar meses até que o Google confie no seu conteúdo e no seu site o suficiente para começar a te ranquear melhor.

Escrevi um artigo também sobre SEO, que é a otimização para mecanismos de busca, então dá uma conferida.

Exemplo

Quando criei meu primeiro site, por volta de 2004, eu queria que as pessoas entrassem nele. Então, copiei o link do site e saí distribuindo para as pessoas que conversava no MSN.

O resultado veio imediatamente. Umas 10 pessoas acessaram meu site. Fiz marketing e deu certo. Resultado a curto prazo gratuitamente.

No entanto, acabei aprendendo que quanto mais você enche o saco de alguém, menos aquela pessoa vai te dar atenção.

Alguns anos depois, criei um blog e, ao contrário da primeira experiência, não fui divulgando para todo mundo.

No início, ninguém aparecia no site. No máximo uma visita minha de outro computador só pra contar e ver o número crescer.

Até que um dia começaram a aparecer visitantes. Pessoas que procuravam sobre o tema que escrevia no Google estavam clicando no meu site.
Resultado a médio prazo gratuitamente.

Passado mais algum tempo, desenvolvi um website de games. Precisava de mais parceiros para me ajudar a escrever. Criei uma publicidade paga no Facebook para chamar pessoas para escrever. Com pouco dinheiro consegui chegar a quase 80 pessoas animadas para participar em uma semana. Marketing pago com resultados a curto prazo.

O Marketing para Freelancers e Autônomos

Nós temos tempo limitado. Além da execução do trabalho precisamos lidar com as vendas, atendimento ao cliente, questões financeiras, burocracias administrativas e por aí vai.

O marketing para nós não pode ocupar um tempo tão grande, então acredito que precisamos ser mais objetivos nas estratégias que escolhemos.

Em primeiro lugar, é interessante uma compreesão daquilo que fazemos com mais facilidade.

Você escreve com facilidade? Sabe criar peças de design digitalmente? Ou quem sabe é extrovertida(o) para aparecer na câmera?

A compreensão desse tipo de habilidade vai indicar muito o melhor caminho a se seguir.

Naturalmente, o marketing começa com nossa rede de contatos e podemos explorá-la como mencionei no artigo sobre vendas.

No entanto, a partir daí precisamos ser mais criativos.

Minha sugestão é dar atenção a duas estratégias. Uma que vai te proporcionar resultados a curto prazo e outra que vai te proporcionar resultados a médio ou longo prazo.

No curto prazo, a publicidade online paga é uma das melhores alternativas. Utilizando um serviço com o Canva você pode criar um banner simples com uma chamada para pessoas entrarem em contato com você.

Cinquenta reais depois de investimento no Google Ads, é possível que tenha pessoas interessadas no serviço que você oferece.

Novamente, não vou entrar em detalhes aqui em como fazer, mas sim trazendo uma reflexão sobre os desafios e desmistificando algumas saídas.

Ao mesmo tempo, vale a pena ter um site e começar a produzir conteúdo. Seja postar um artigo por semana ou 1 foto no Instagram a cada três dias, o importante é ter uma rotina que seja possível você a concluir sem problemas.

Confesso que essa parte eu preciso trabalhar bastante. Tendo a passar períodos de empolgação que escrevo quase todos os dias. Aí passa uma semana inteira sem fazer nada.

O ideal é ser consistente e manter uma frequência regular.

Conclusão

Depois de passar pelos vários pontos sobre marketing, devo dizer que vale a pena sempre estudar um pouco de Marketing.

No meu blog da Iglu eu escrevi alguns artigos sobre o tema. Mas quero te deixar com alguns caminhos para se aprofundar no assunto e descobrir quais são as estratégias que melhor funcionam para você.

Divirta-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FAÇA PARTE DA MINHA LISTA DE E-MAILS

Toda semana envio reflexões e dicas para pessoas que estão no caminho para a autonomia profissional.

Novas ferramentas, dicas de livros, vídeos, podcasts e muito mais. Eu passo grande parte dos meus dias em busca dos melhores recursos e informações que ajudam freelancers e profissionais autônomos.

Quer uma vida mais autônoma?

Se inscreva na nossa newsletter para receber conteúdos importantes para o seu desenvolviemento profissional.