Automotivação - Série Desafios da Autonomia

imagem destacada
Ler artigo

Todoist - Série Ferramentas da Autonomia

O Todoist é uma das ferramentas de gestão de tarefas mais populares e é hoje a base para meu sistema de produtividade. Apesar de aparentar ser um sistema simples, por trás ele é super inteligente e faz de tudo para nossa vida ser mais fácil e produtiva quando o utilizamos. Nesse artigo vou comentar sobre vários aspectos interessantes do Todoist como funcionalidades, design, plataformas e preço. Além disso, explico porque o utilizo depois de ter testado dezenas de outros serviços parecidos.
Ler artigo
imagem destacada
Ler artigo

Priorização - Série Desafios da Autonomia

Uma lista de tarefas infinita. Se você é um freelancer, profissional autônomo ou empreendedor, provavelmente tem uma “TO-DO List” que simplesmente não tem fim. Cobrar cliente, arrumar o site, emitir nota fiscal, organizar a casa, comprar um novo mouse, ligar pra mãe, meditar, fazer supermercado, mandar orçamento pro novo cliente, organizar lista de tarefas… Talvez sua lista de afazeres seja mais ou menos assim. Tem coisa da empresa ou negócio freelancer, tem novos projetos, tem tarefas da casa, tem lembretes, estudos e até mesmo tarefas para se divertir.
Ler artigo
imagem destacada
Ler artigo

Como aumentar o seu preço como freelancer

O que aconteceria se você dobrasse o valor que cobra de seus clientes pelo seu serviço ou produto? Esse foi um questionamento que recentemente ouvi pelo podcast/vídeo no YouTube do Matt D’avella com um freelancer chamado Ryan Bowles. Eu sempre considerei a questão de precificação como uma crescente jornada. Naturalmente, uma jornada muito mais veloz do que em uma profissão mais tradicional, mas ainda assim uma jornada crescente e não simplesmente dobrar de uma vez o custo pelo que oferecemos.
Ler artigo
imagem destacada
Ler artigo

Como vender nosso serviço ou produto como profissional autônomo ou freelancer

Um dos maiores desafios para profissionais Freelancers ou Autônomos é o processo de venda. Afinal, o que gostamos mesmo de fazer é nosso trabalho/ofício, não é ficar pensando em vendas, marketing, financeiro, etc. Contudo, devo dizer que parte da independência profissional passa por sermos responsáveis por toda a estrutura do nosso negócio. E as vendas são parte fundamental desse negócio. Sem novos clientes ou mesmo novos projetos de clientes existentes não conseguimos manter nossa vida profissional autonomamente.
Ler artigo